Amparo da Famurs aos municípios pautou encontro na AMM
04 de Maio de 2017
Amparo da Famurs aos municípios pautou encontro na AMM
Prefeitos da AMM com os representantes da Famurs e TCE

A Associação dos Municípios das Missões (AMM) recebeu na tarde de quinta-feira (4/5), o vice-presidente da Federação das Associações de Municípios do RS (Famurs), Marcelo Schreinert, e o coordenador regional do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Paulo Barreto, no encontro que integra o programa de interiorização Famurs pelo Rio Grande. Prefeitos, vice-prefeitos e secretários municipais dos 26 municípios missioneiros ouviram com atenção todas as orientações transmitidas pela Federação e pelo TCE. Os trabalhos foram conduzidos pelo coordenador geral da Famurs, José Scorsatto.

ICMS, que teve um aumento médio de 4%na AMM, com relação ao que foi previsto para o primeiro trimestre de 2017; aumento do FPM de 4,5% no primeiro trimestre de 2017, em relação ao que foi estimado pelo governo federal; medidas de economia que, segundo pesquisas da Famurs, 73% dos prefeitos gaúchos aderiram no início do mandato, incluindo municípios missioneiros; atrasos na saúde, pois o governo do Estado possui R$ 400 milhões em dívidas com os municípios na área de saúde; repatriação; judicialização da saúde; UPAS; creches; transporte escolar; segurança pública, entre outras pautas municipalistas foram debatidas no encontro, que contou com a apresentação de vídeos institucionais da Famurs, TCE e Banrisul.

Reforço aos prefeitos
Presidente da AMM, Brasil Antonio Sartori salientou a importância da presença da Famurs e do TCE para os gestores missioneiros. “É uma satisfação sediarmos este encontro, pois a Federação e o Tribunal de Contas do Estado são fortes apoios para auxiliar os prefeitos. Tomara que estes encontros de interiorização sejam cada vez mais freqüentes”, ressaltou Sartori, que é prefeito de Entre-Ijuis, complementando que a Associação dos Municípios das Missões está num ritmo acelerado de reivindicações, em várias frentes de atuação, por isso é fundamental o amparo e a parceria da Famurs.

Neste seguimento, o prefeito anfitrião, Valter Spies, evidenciou que a sede da AMM é o local ideal para debater soluções aos pleitos locais e regionais. “Temos que permanecer unidos e pressionando os governos federal e estadual, para que atendam as demandas prioritárias em prol do crescimento da região das Missões”, frisou Spies.

Fiscalização constante
Vice-presidente da Famurs, Marcelo Schreinert, alertou para o fato de que em todo o país, ninguém é mais fiscalizado que o próprio prefeito. “70 por cento dos prefeitos que poderiam ter concorrido a reeleição, não o fizeram exclusivamente por causa das responsabilidades que recaem diretamente sobre os municípios, especialmente neste momento de crise política nacional”, destacou Schreinert ao afirmar: “durante a atual gestão foram economizados R$ 2,2 milhões. E, ao contrário do que se tem escutado, a saúde financeira da Famurs está muito bem”.

Porta voz dos municípios
Já coordenador regional do Tribunal de Contas do Estado, Paulo Ricardo Barreto reiterou que “a proposta efetiva do TCE é de trabalhar em conjunto com os municípios, de forma que a gestão pública possa evoluir”. Representando o Banrisul, patrocinador do encontro Famurs pelo Rio Grande, o gerente geral da agência de Cerro Largo, Marino Link, lembrou que neste mês de maio a AMM completa 50 anos de fundação, e merece o devido reconhecimento por sua relevância como porta voz dos municípios missioneiros.
 

Fotos vinculadas

Por Karin Schmidt

Fonte: Assessoria de Imprensa

Mais notícias