Região das Missões está oficialmente habilitada para receber investimentos do BID
11 de Agosto de 2017

Ponte Porto Xavier/San Javier e acessos asfálticos aos sítios arqueológicos, estão entre os projetos que serão analisados e divulgados pelo BID nas próximas semanas

Prefeitos e lideranças da Associação dos Municípios das Missões (AMM) cumpriram agendas locais e regionais em Brasília, no período de 8 a 11 deste mês. Para tratar de ações técnicas do financiamento do Banco Interamaricano de Desenvolvimento (BID) aos projetos da região das Missões/RS/Brasil, que integra a Ruta Jesuítica Internacional da América do Sul, a comitiva missioneira esteve em audiência com o ministro do Turismo (MTur), Marx Beltrão, que imediatamente designou o diretor do Departamento de Ordenamento do Turismo, Rogério Coser, e o técnico Eduardo Madeira, para dar seguimento às tratativas com os representantes da AMM/Funmissões.

De acordo com o diretor do Detur/Funmissões, Ricardo Klein, o ministro renovou seu comprometimento com a região das Missões, garantindo celeridade na tramitação da parceria com o BID e prioridade às emendas parlamentares e projetos cadastrados no MTur. "Além disso, Beltrão assegurou que vai negociar com os ministros do Planejamento e da Fazenda, a abertura de um crédito especial no orçamento para atender projetos extras dos municípios missioneiros, e da governança regional - AMM/Funmissões", destacou Klein, que é prefeito de São Nicolau, ao evidenciar que "agora, oficialmente, a região das Missões está se habilitando ao financiamento do BID". Os valores do orçamento do MTur servirão como contrapartida aos valores do BID.

PROJETOS MISSIONEIROS
Na reunião com a técnica do Banco Interamericano de Desenvolvimento, Juliana Bettine Vicente, foi entregue formalmente a resposta à Carta Consulta do Banco para que o Brasil participe do Programa Global de Crédito para a Ruta Jesuítica Internacional da América do Sul. Segundo Juliana, o relatório preliminar do projeto já tem alguns itens que serão analisados pelo BID e divulgados nas próximas semanas, como a ponte internacional Porto Xavier/San Javier; acessos asfálticos aos Sítios São João Batista e São Lourenço Mártir; promoção e divulgação da região; capacitação e treinamento dos atores locais, entre outras ações.

Prefeito de Porto Xavier e presidente da Comissão Binacional da Ponte Porto Xavier/San Javier, Vilmar Kaiser salientou que "as reuniões em Brasília foram de suma importância na busca de alternativas também para a viabilização da ponte internacional, especialmente com a possibilidade dos recursos do BID para investimentos do empreendimento na região das Missões".

O secretário Executivo do Detur, Marcos Mattos, explicou que a técnica Juliana Bettine Vicente informou que a Governança Argentina de Misiones, também indicou a ponte internacional Porto Xavier/San Javier para ser submetida à analise do BID. "Ainda temos um caminho a percorrer, mas esta oportunidade de acessar recursos de grande porte para investir no turismo missioneiro, é um grande momento para a região", concluiu Mattos. Outras demandas como o PAC das Cidades Históricas 5, também foram reivindicadas pelos missioneiros, na capital federal.

PRÓXIMAS ETAPAS
A partir de agora, com a região das Missões apta a receber os investimentos do BID, foram definidos nas agendas em Brasília os próximos passos. São eles: criação de um grupo de trabalho pelo Ministério do Turismo; estabelecer normas para a elegilbilidade dos critérios, na definição das ações a serem contempladas; preparar o projeto master que deverá passar pela aprovação da Comissão de Financiamentos Externos (COFIEX) do Ministério do Planejamento, em 90 dias.

Integraram a comitiva missioneira, que esteve acompanhada dos deputados federais Darcísio Perondi e Cajar Nardes, o diretor do Detur e prefeito de São Nicolau, Ricardo Klein; o vice-presidente da AMM e prefeito de Rolador, Paulo Peixoto; o prefeito de Porto Xavier e presidente da Comissão Binacional da Ponte Porto Xavier/San Javier, Vilmar Kaiser; o prefeitos de Pirapó, Auri Kochhan; de Mato Queimado, Orlando Thomas; de Santo Ângelo, Jacques Barbosa; o vice-prefeito de São Luiz Gonzaga, Mário Trindade; o secretário de Desenvolvimento, Turismo e Mercosul de Porto Xavier, Ovídio Kaiser; o secretário de Turismo de Sando Ângelo, Osvaldir Ribeiro; o secretário Executivo do Detur, Marcos Mattos, entre outros.

Por Karin Schmidt

Fonte: Assessoria de Imprensa

Mais notícias