PROJETO DA PONTE INTERNACIONAL SEGUE AVANÇANDO
01 de Novembro de 2018

 

Ponte internacional Porto Xavier/San Javier é apoiada por Bancada Gaúcha e garante recursos no orçamento de 2019

 

Nesta semana a Comitiva Pró-Ponte Internacional foi até Brasília em busca de orçamento para a construção do maior projeto da região missioneira dos últimos anos. Com grande empenho de toda a comitiva, e apoio fundamental da AMM e Funmissões, incansavelmente eles buscaram ajuda dos parlamentares gaúchos, para que o orçamento fosse conquistado.

A comitiva conseguiu apoio mais uma vez da Bancada Gaúcha, que também acredita e confia neste sonho missioneiro, pelo qual através de emenda impositiva, foi-lhes garantido o montante de R$20 milhões para o projeto no orçamento de 2019. O Deputado Federal, Darcísio Perondi, é um dos grandes apoiadores da ponte, e lutou insistentemente junto a comitiva para que este desse mais um passo em seu grande trajeto até sua consolidação. O valor de R$20 milhões é suficiente para o processo de licitação, para a elaboração do projeto e iniciação das obras, disse o coordenador e interlocutor do projeto, Ovídio Kaiser.

Outro grande passo fundamental, foi o Acordo Binacional com a Argentina, que definiu que a construção da Ponte Porto Xavier/San Javier, será a primeira ponte construída com recursos públicos que liga os dois países, sob o rio Uruguai, que será localizada na variante 01 conforme proposto no estudo e no anteprojeto apresentados pela comissão da ponte. E ainda, foi conquistado a inclusão da construção da ponte, como obra do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) o que a coloca como prioridade do governo, garantindo a alocação de recursos para os próximos anos.

A comitiva brasileira e seus apoiadores composta pelo presidente da AMM e prefeito de Rolador, Paulo Peixoto, pelo secretário executivo, Marcos Mattos, pelo prefeito de Porto Xavier, Vilmar Kaiser, prefeito e diretor do Detur, Ricardo Klein, prefeito de Bossoroca, José Moacir Dutra, prefeito de Santo Ângelo, Jacques Barbosa, prefeito de Salvador das Missões, Daniel Gorski e pelo coordenador do projeto, Ovídio Kaiser, com a dedicação de todos os membros foi fundamental para que o projeto ficasse entre as 6 emendas impositivas para recursos pela Bancada Gaúcha.

Por Kerly Nasser

Mais notícias